top of page
Buscar

Os melhores locais de Street Art para visitar em Lisboa

Atualizado: 17 de mai. de 2023



Lisboa tem todas as maravilhas do mundo. Desde a gastronomia, às vistas incríveis, ruas que parecem saídas de um filme, e muita arte espalhada por entre elas.


Hoje vamos falar de algumas das peças de Street Art mais bonitas em Lisboa! Iniciámos um passeio logo pela manhã com saída a partir do Hotel Luena e decidimos embarcar nesta aventura a pé pois não há nada melhor do que começar a manhã a experienciar a vida que esta cidade tem para oferecer!


Primeira paragem: O Mural de Mariana Duarte, Intendente



A primeira paragem que temos na nossa lista é o Mural feito por Mariana Duarte Santos, localizado no Intendente, a 10 minutos do Hotel Luena.

Super fácil de localizar, basta só descer pela famosa avenida Almirante Reis e eventualmente, vai aparecer mesmo ao nosso lado esta obra, que representa um merceeiro de uma loja tradicional que existiu em tempos nesta zona da freguesia, na década de 50, fazendo recordar a todos que por lá passam a vida das pessoas, os usos e tradições, bem como as memórias das pessoas que existiram outrora.


Segunda Paragem: Fado Vadio, Mouraria



A segunda peça da lista é o famoso mural - Fado Vadio. A cerca de 45 minutos a pé do Hotel Luena, e a 20 minutos da primeira paragem desta aventura, no bairro da Mouraria, encontra as escadinhas de São Cristóvão, onde um coletivo de artistas criou o impressionante mural “Fado Vadio”.

É uma homenagem ao fado, a música icónica de Lisboa que é considerada Património Mundial e, é um dos locais da cidade que não pode perder. Por várias paredes, multiplicam-se os símbolos e os protagonistas da história do fado. Venha descobri-los e traga a máquina fotográfica, pois o passeio por si só é maravilhoso.


Terceira Paragem: Calçada da Amália, Alfama



A terceira paragem é a famosa Calçada Amália, em Alfama, ao pé do Castelo de São Jorge! É um caminho tipicamente português, com muitas subidas e com vista para a cidade inteira, dando a volta ao Castelo de São Jorge. 15 minutos a pé desde da segunda paragem, o Fado Vadio.

Esta obra retrata a rainha do Fado, Amália Rodrigues. A imagem dela eternizada na calçada portuguesa – uma obra do artista Vhils.


Quarta Paragem: Pelicanos de Bordalo II, Rossio



A quarta paragem foi a obra dos Pelicanos no Rossio, ao lado do Elevador de Santa Justa. É um passeio bastante agradável ao voltar da calçada da Amália já que desta vez é sempre a descer, e fica a cerca de 20 minutos a pé.

Feita pelo artista português conhecido como Bordalo II que ficou famoso por usar o lixo das ruas para criar esculturas de animais deslumbrantes, com o propósito de alertar as pessoas sobre a poluição e todos os tipos de espécies que se encontram ameaçadas de extinção.

Esta Obra localiza-se numa rua super movimentada, com músicos variados, vários mercantes a venderem bijutarias, imensas lojas que se dispersam por todo o lugar e gelatarias deliciosas portuguesas!


E assim acabou este maravilhoso passeio onde caminhámos por várias partes antigas de Lisboa que nos enchem o coração com beleza.

Um passeio que recomendamos vivamente aos nossos queridos hóspedes!


Queremos que consiga experienciar o melhor que Lisboa tem para oferecer! Se tiver alguma duvida entre em contacto connosco através de reservas@hotelluena.com ou em www.hotelluena.com



5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page